terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Aquecimento Muscular

Aquecimento muscular é a actividade preparatória ou preventiva na prática desportiva, seja ela de competição ou simples lazer, que permite a adaptação do corpo para a realização de um exercício físico, ajudando a prevenir a ocorrência de possíveis lesões.

Características do Aquecimento

a) Deve ser total -
Deve aquecer todos os órgãos, músculos e articulações do corpo.
b) Deve ser dinâmico - Tem que despertar, realizando exercícios intercalados sobre a base de uma progressão suave.
c) Deve ser metódico - A sua realização será como um rito (sistemática) para o jogador de Futsal, e em progressão. Irá do global para o particular.
d) Deve ser proporcional e específico - Estará em função da qualidade e estado do jogador de Futsal, mas também em função do esforço e do exercício posterior a executar.
e) Deve alternar fases dinâmicas com fases de descanso - Não deve superar as 10 repetições por exercício, e deve haver variação nos exercícios.

Fases do Aquecimento

• Corrida contínua generalizada: corrida suave.
• Descanso e recuperação.
• Movimentação geral: Movimentos específicos de rotação, elevação, extensão/flexão sobre pernas, tronco e braços.
• Descanso e recuperação.
• Estiramentos: Exercícios de potencialização da temperatura intramuscular, nas pernas principalmente para os jogadores e nos braços e pernas para o guarda-redes.
• Corrida com alternâncias de ritmo: Primeiro suave, depois rápida em sprint, depois suave, depois rápida em sprint, e assim sucessivamente.
• Descanso e recuperação
• Toque da bola em progressão: Passes e recepção da bola em progressão (movimentação contínua).
• Assimilação da corrida (movimentação) para rematar a bola: Passes e jogadas com remates à baliza.
• Retorno á calma, após exercício físico.
• Alongamentos finais.
Por: Abcdesporto/C.Fernandes

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

"RAFA SPORT" - Loja Desportiva

Abriu loja conceituada no mundo do material desportivo.
Situada na Rua de Santo António, perto da Carpintaria Baltazar – "RAFA SPORT" é a loja que já fazia falta em Carrazeda de Ansiães.
Com a gerência de Aníbal da Paz Baltazar, "RAFA SPORT" é um espaço aprazível onde o cliente poderá satisfazer os seus desejos com o magnifico material desportivo que se encontra ao seu dispor.
Se necessita de comprar umas sapatilhas, fato de treino ou simplesmente um colete de treino, já sabe onde o poderá encontra – "RAFA SPORT", de Fernando Aníbal da Paz Baltazar com o telemóvel 912 669 396.
Visite e notará a diferença quer na apresentação, bem como nos preços dos seus produtos.

Por Abcdesporto/C.Fernandes

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Lista de Substâncias e Métodos Proibidos - ano 2011

Lista de Substâncias e Métodos Proibidos
Código Mundial Antidopagem
1 de Janeiro de 2011 (Data de Entrada em Vigor)
A Autoridade Antidopagem de Portugal divulgou no passado dia 17 de Dezembro a lista de substâncias proibidas para o ano desportivo de 2011.
1-Lista de Substâncias Proibidas 2011 (132.84 kB)
2-Notas Exploratórias 2011 (29.83 kB)
3-Programa de Monitorização (18.72 kB)
4-Sumário das principais alterações 2011 (22.96 kB)

Tudo isto pode ser consultado em suporte PDF no seguinte link:

http://www.cdp.pt/comunicacao-marketing/noticias-cdp/1-Geral/9536-lista-substancias-2011.html

Um Santo Natal para todos os desportistas e pessoas ligadas ao fenómeno desportivo.

Abcdesporto/C.Fernandes

domingo, 19 de dezembro de 2010

Coisas da Bola

O FUTSAL - Futebol Clube de Carrazeda de Ansiães vai terminar o ano de 2010 com uma estatística desportiva muito longe do esperado e desejada pelos seus dirigentes.

Tendo em conta o ultimo jogo, diga-se de 2010, realizado no passado sábado em sua casa, onde bateu o CF. Nogueirense por seis bolas a três, vê-se agora num modesto sétimo lugar com quinze pontos, menos um jogo e a nove pontos do primeiro classificado (Macedense – 24 pontos).
Podemos dizer que a pós a decima jornada o FUTSAL-FCCA arrecadou, nada mais que nada menos: 5 vitorias, 4 derrotas e um total de 32 golos marcados e sofridos.
Não haja duvida que é uma estatística fora do vulgar para esta lendária equipa, mas são coisas do futebol… Não fosse a bola redonda!
Esperamos que o ano de 2011 e os Reis Magos vindos do Oriente tragam outro alento à equipa.
Votos de um Santo Natal e um Prospero ano Novo para todos, com muita Paz, Alegria e
Sucesso Desportivo.
Abcdesporto/C.Fernandes

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Despacho 16766/2010


Foi publicado no passado dia 5 de Novembro, o Despacho n.º 16766/2010 que clarificada a interpretação do Instituto do Desporto de Portugal, I.P. (IDP, IP) relativa à alínea a) do n.º 3 do artigo 27º, Regime Transitório, do Decreto-lei n.º 271/2009, de 1 de Outubro.

Para efeitos deste Regime Transitório, esta interpretação, agora publicada, vem esclarecer a posição do IDP, IP relativamente às qualificações obtidas através de cursos de formação profissional realizados em entidades formadoras reconhecidas pela Direcção Geral do Emprego e das Relações de Trabalho (DGERT).

diploma aqui (http://www.idesporto.pt/ficheiros/file/Despacho_16766_2010.pdf)

Recebido por E-mail de IDP

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

A Víbora

A única serpente venenosa existente em Portugal é a víbora, pois esta requer cuidados médicos urgentes. No entanto, quase nunca é fatal, mas o medo que provoca pode por vezes ser mais prejudicial do que a própria mordedura.
Nos países quentes, é importante informar o médico ou os serviços de emergência sobre o tamanho, cor e desenho da pele da cobra para os ajudar a identificar a espécie e a decidir se será necessário aplicar um soro anti-veneno.
Sinais de alerta:
Os sinais de mordedura são uma dor aguda, inchaço à volta da área afectada e uma ou duas marcas de dentada. Podem também sobrevir uma sensação de náusea, vómitos, perturbações visuais e dificuldades respiratórias.
Como actuar?
Mantenha-se calmo e imobilizado. Se fizer movimentos desnecessários, estes aumentarão as pulsações e apressarão o grau de absorção do veneno pela corrente sanguínea. Peça a alguém que chame uma ambulância.
Enquanto espera por socorro, descanse numa posição confortável e tente manter a área da mordedura abaixo do nível do coração. Qualquer veneno à volta da mordedura deve ser removido cuidadosamente sem que se toque na ferida.

Ao contrário do que é frequente, não tente chupar o veneno nem cortar a pele á volta da ferida, pois ambas as acções apenas aumentarão o fluxo sanguíneo, que é aquilo que temos de evitar para que o sangue contaminado não se espalhe.
Siga estes conselhos e divulgue-os!
Por Abcdesporto/C.Fernandes

domingo, 7 de novembro de 2010

Frutos e legumes?

Frutos e legumes?

Cinco doses por dia!
O consumo de cinco doses de fruta e legumes por dia é uma das melhores formas de prevenir doenças como o cancro e os ataques cardíacos. Parece simples, mas a verdade é que comemos muito menos legumes do que devíamos.
São vários os estudos científicos que sugerem que uma dieta enriquecida com frutos e vegetais é um factor determinante na prevenção de doenças tão graves, mas infelizmente tão comuns, como o cancro, tromboses e outras patologias do foro cardiovascular.

E isto porque frutos e vegetais são extremamente ricos em anti-oxidantes, como a vitamina C, em fibras e nos chamados fitoquímicos, como o beta-caroteno, licopeno e a luteína, todos eles elementos conhecidos pelas suas propriedades no combate à doença.
Esta poderia ser uma boa razão para arrepiar caminho e repensar os hábitos alimentares, reforçando as doses de frutos e legumes. Porém, comer mais frutos e legumes para prevenir doenças crónicas no futuro parece ser uma compensação demasiado longínqua para se abdicar dos nossos alimentos preferidos, nos quais pontuam as gorduras e os doces.

Há, no entanto, benefícios mais imediatos que nos podem fazer mudar de ideias: cinco doses diárias de frutos e legumes certamente farão de nós indivíduos com mais energia, far-nos-ão sentir melhor e será mais fácil manter ou perder peso.
Está na hora de mudar os seus habitos alimentares, para bem da sua saúde: À, não se esquesa de praticar diariamente trinta minutos de actividade fisica (caminhar, passear o cão, ou simplesmente jardinar).
Verá que o seu corpo agradece.
Por: Abcdesporto/C.Fernandes

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

I BTT dos Mouros



Saudações Desportivas!

Estando a aproximar-se a data do I Btt organizado em Torre Dona Chama, " Conquista dos Mouros", 21 de Novembro 2010, o Clube Ciclismo Torre Dona Chama, ficaria honrado com a vossa presença neste jovem evento.

Obrigado.

Recebido por e-mail de Carlos Pires

sábado, 9 de outubro de 2010

Futsal 2010/2011

Futebol Clube de Carrazeda de Ansiães arranca com o pé direito na 1ª Jornada do Nacional de Futsal época 2010/2011.
Para esquecer o resultado menos positivo realizado para a taça, ao ser eliminado por seis bolas a zero pelo FC Piratas Creixomil, hoje - (Sábado) em casa, conseguiu bater por seis bolas a uma os Amigos De Cerva.

Seguem-se os restantes resultados:

Contacto 4-0 Mondim de Basto
Fundação MC 4-1 CF Nogueirense
Piratas de Creixomil 6-5 Paredes
Macedense 7-4 CCDAT EPB
Valpaços Futsal 5-1 Gualtar
C. Ansiães 6-1 Amigos De Cerva
Ambos os Rios 4-8 Desp. Aves

Em 1º primeiro lugar encontra-se o Futebol Clube de Carrazeda de Ansiães seguido com os com os mesmos pontos (3) pelo Desp. Das Aves, Valpaços Tutsal, Contacto, Macedense, Fundação MC e Piratas de Creixomil.
No próximo dia 16 de Outubro o Futebol Clube de Carrazeda desloca-se a casa do Desportivo das Aves, onde poderá dilatar a sua pontuação.



Por: Abcdesporto/C.Fernandes

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Futsal Taça de Portugal - Zona Norte

Conheça as equipas que avançaram para a 2ª eliminatória da Taça de Portugal na modalidade de Futsal da Zona Norte

Jogos Realizados no passado Fim-de-semana.

Sábado (2/10):

Lamas Futsal AD 4-5 GCR Ossela
FC Piratas Creixomil 6
-0 FC Carrazeda Ansiães
ACRD Rio Moinhos 4-9 ASC Monte Pedras
CCDR Covão Lobo 2-1 Fundação Manuel Costa
Valpaços Futsal Clube 4-8 Póvoa Futsal Clube
SC Braga 5
-2 Gondomar Futsal Clube
Amigos da Cerva ADRC 3-9 GD Macedense
GDR Lameirinhas 8-3 Contacto Futsal Clube
ADC Gualtar 3-5 Viseu Futsal 2001 ADSC
CDC Pinheiro 4–5 CRECOR
ND Bairro Bom Pastor 1-3 ABC Nelas
Boavista FC 4-0 ACRD Entre Ambos os Rios
ARCD Junqueira FC 5-4 GD Gafanha
Futsal Clube Mondim Basto 4-2 CF Nogueirense
CDCAT Escola Prof. Braga 6-3 CD Aves
GDR COHAEMATO 3-1 ACR Vale Cambra
AJ Abel Botelho C Tabuaço 3-7 A Académica de Coimbra
ASCREDNO Nogueiró 0-3 Chaves Futsal Clube
CRI Alhadense 1-8 GD Farlab

Domingo (3/10)

A Académica Leça 2-3 Futsal Clube Azeméis
Clubes isentos: FC Foz e USC Paredes.

In: http://www.scn.pt/futsal/nacional/taca/noticia.php?menu=385&id=3PvrKCbAq0U

domingo, 3 de outubro de 2010

Actividade Física e Saúde.

A par das evidências de que o homem contemporâneo utiliza-se cada vez menos das suas potencias corporais e de que o baixo nível da actividade física é factor decisivo no desenvolvimento de doenças degenerativas sustenta-se a hipótese da necessidade de se promoverem mudanças significativas no seu estilo de vida, levando-o a incorporar a prática da actividades físicas no seu dia-a-dia.
Nessa perspectiva, o interesse em conceitos como “ACTIVIDADE FÍSICA”,ESTILO DE VIDA” e “QUALIDADE DE VIDA” vem adquirindo relevância, no que diz respeito à melhoria do bem-estar do indivíduo por meio do incremento do nível da actividade física habitual da população.
Da análise às justificativas presentes nas propostas de implementação de programas de promoção da saúde e qualidade de vida por meio do incremento da actividade física, depreende-se que o principal argumento teórico utilizado está fundamentado no paradigma contemporâneo do estilo de Vida Activa.
Tal estilo tem sido apontado, por vários sectores da comunidade científica, como um dos factores mais importantes na elaboração das propostas de promoção de saúde e da qualidade de vida da população. Este entendimento fundamenta-se em pressupostos elaborados dentro de um referencial teórico que associa o estilo de vida saudável ao hábito da prática de actividade físicas e, consequentemente, a melhores padrões de saúde e qualidade de vida. Este referencial toma a forma de um paradigma na medida em que constitui o modelo contemporâneo no qual se fundamentam a maioria dos estudos envolvendo a relação positiva entre actividade física, saúde, estilo de vida e qualidade de vida. Identifica-se, neste paradigma, a interacção das dimensões da promoção da saúde, da qualidade de vida e da actividade física dentro de um movimento denominado aqui de Movimento Vida Activa, o qual vem sendo desencadeado no âmbito da Educação Física e da Ciências do Desporto, cujo eixo epistemológico centra-se no incremento do nível de actividade física habitual da população em geral.
O pressuposto sustenta a necessidade de se proporcionar um maior conhecimento, por parte da população, sobre os benefícios da actividade física e de se aumentar o seu envolvimento com actividades que resultem em gasto energético acima do repouso, tornando os indivíduos mais activos.
Neste cenário, entende-se que o incremento do nível de actividade física constitui um factor fundamental de melhoria da saúde de toda uma população sistematicamente activa.
Já sabe. A sua saúde depende do seu estilo de vida. Pratique Actividade Física pelo menos trinta minutos por dia e veja a sua saúde crescer.
Abcdesporto /C.Fernandes

sábado, 18 de setembro de 2010

Prescrição do Treino Cardiorespiratório - Leiria



Prescrição do Treino Cardiorespiratório - Leiria

Dia : 02-10-2010
Programa: Programa de Formação de Recursos Humanos para o Desporto

Medida: 04

Entidade Parceira: Câmara Municipal de Leiria

Designação da Acção: Prescrição do Treino Cardiorespiratório.

Objectivo Geral: Abordar e dominar os principais conceitos e métodos de treino cardiorespiratório.

Objectivos Específicos: No final da formação, os formandos deverão ser capazes de reconhecer, dominar e saber aplicar os principais métodos de treino cardiorespiratório (contínuo intensivo e extensivo), incluindo a populações especiais.

Programa - Treino em circuito;
- Método contínuo;
- Método variado;
- Intervalos e zonas de treino;
- Prescrição para idosos, obesos e hipertensos.

Local: Estádio Municipal de Leiria
Arrabalde D´Aquém
2400-137 Leiria

Destinatários: Técnicos de Federações, Autarquias, Associações e Clubes, Técnicos de Academias e Ginásios, Treinadores , Estudantes de Educação Física, Outros Agentes ligados ao Desporto

Módulo, Datas e Horários: 02 de Outubro de 2010 das 09h00 às 13h30 (4 horas)

Data Limite de Inscrição: 19 de Setembro de 2010

Nº Mínimo de Formandos
por Módulo / Acção 15

Nº Máximo de Formandos
por Módulo / Acção 25

Formador: Mestre Rogério Salvador

Preço Inscrição: Formandos ligados às Federações Desportivas Associadas da CDP: 20€00 (IVA incluído)

Outros Formandos: 25€00 (IVA incluído)

Inscrição em: http://www.cdp.pt/plano-actividades/inscricao.html

Informações: A acção será teórico-prática e realizada em contexto prático, com aplicação/experimentação de técnicas e estudo de casos práticos. Aconselha-se a frequência da acção munido de equipamento desportivo.

Todas as inscrições, bem como a realização da acção propriamente dita ficam pendentes de confirmação por parte dos serviços do Centro de Formação da Confederação do Desporto de Portugal ou da Entidade Co-promotora (quando aplicável).

Todos os inscritos serão contactados nos dois dias úteis seguintes à data limite de inscrição, no sentido de:

- Confirmar a realização da acção e respectiva inscrição, caso seja atingido o número mínimo de formandos (se a acção tiver um preço de inscrição, será ainda solicitado neste momento a regularização do valor da inscrição, indicando-se os elementos necessários para o efeito e respectivos meios de pagamento);

- Informar da não realização ou adiamento da acção, caso não seja atingido o número mínimo de formandos.

Neste sentido e salvo indicação expressa em contrário, não deverá efectuar nenhum pagamento sem que a realização da acção e a sua inscrição tenham sido confirmadas e lhe seja solicitado o pagamento do valor da inscrição.

Para mais informações sobre esta acção, contacte-nos através do e-mail: formacao@cdp.pt.
Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar .

Ao proceder à inscrição nesta acção assume concordar com todas as condições acima expressas.

Lembre-se que nunca é tarde para aprender!

Recebida por e-mail de: Confederação do Desporto de Portugal.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

1º BTT - Casa do Benfica (Carrazeda) - 19/09/2010

No dia 19 de Setembro do ano de 2010, a Casa do Sport Lisboa e Benfica de Carrazeda de Ansiães, vai levar a efeito o 1º BTT com uma distância aproximada de 35 km.
Para mais informações é favor clicar na imagem da sua esquerda e assim poderá aceder ao resto da informação.

Amigos um grande abraço, e desde já desculpas desde pela minha falta de comparência, em virtude de assuntos familiares.
Boa Prova.

Abcdesporto

domingo, 29 de agosto de 2010

Artrite Reumatóide

A artrite reumatóide é uma doença crónica que provoca inflamação de várias articulações. Geralmente, ocorre nas mesmas articulações em ambos os membros (simétrica).

Origem:
Alguns autores consideram desconhecida a origem da doença (idiopática), mas a maioria considera ser uma doença auto-imune, ou seja, resulta de uma reacção do organismo contra ele próprio. As células do sistema imunológico (células de defesa do organismo), desencadeiam uma reacção inflamatória nas articulações.
As articulações são revestidas pela membrana sinovial, constituída por tecido conjuntivo. Este é responsável pela produção de líquido sinovial que nutre e lubrifica a articulação, permitindo a movimentação sem lesões e dor. Na artrite reumatóide, a membrana está lesionada e há nessa zona uma reacção inflamatória.
Pessoas atingidas:
Surge com maior frequência entre os 35 e 55 anos, atingindo mais as mulheres.
A artrite manifesta-se por crises, com períodos de melhoria e declínio. Devido à deformidade e limitação permanente de movimento, a artrite pode provocar incapacidade para o trabalho.
Sinais e sintomas:
Os sinais e sintomas variam de pessoa para pessoa, alguns são comuns aos de outras doenças, o que pode dificultar o diagnóstico no início da doença.
- Astenia (fraqueza)
- Sensação de formigueiro e dormência nos membros
- Perda de peso
- Calor
- Pele avermelhada
- Dor nas articulações, aumenta nos movimentos de rotação e transporte de pesos
- Edema (inchaço)
- Febre
- Rigidez nas articulações de manhã
- Dificuldade em mobilizar a articulação, mais acentuada de manhã ou após um período de repouso. Esta rigidez vai diminuindo ao longo do dia.

Nas crianças, a febre é mais persistente e pode surgir antes dos sintomas articulares.
A dor é mais acentuada com o movimento, de manhã ou após um período de repouso.

Articulações mais atingidas:
São várias as articulações onde surge a artrite, sendo mais frequente nas das mãos, punhos, cotovelos, ombros e pescoço.
Diagnóstico:
O médico faz o diagnóstico através do exame físico ao doente, após saber os sinais, sintomas e observar as articulações atingidas. Para confirmar o diagnóstico, é necessário haver sinais de alteração em várias articulações, recorrer a exames de sangue, RX e ressonância magnética.
Prognóstico:
Devido a ser uma doença auto-imune, ainda não há cura. É uma doença cíclica porque tem períodos de melhoria.
A doença evolui mais depressa se surgir em pessoas jovens, nas análises os valores característicos da infecção e factor reumatóide se mantiverem elevados por grandes períodos, quando há grande número de articulações afectadas, alterações ósseas no início da doença e doenças secundárias a esta.

Tratamento:
A artrite não tem cura, os medicamentos usados têm como objectivo minimizar os sintomas e retardar a evolução da doença.
O diagnóstico e tratamento precoce permitem melhorar a qualidade de vida, através do alívio da dor e manutenção da funcionalidade da articulação, evitar limitações funcionais e maus prognósticos.
O reumatologista pode considerar necessário encaminhar para cirurgia ás articulações com alteração da funcionalidade e muito dolorosas
A fisioterapia ajuda na melhoria da dor e funcionalidade.
O médico pode considerar necessário o acompanhamento de um nutricionista nos doentes com excesso de peso, afim de aliviar a sobrecarga nas articulações. Nos doentes que perderam peso, é fundamental o acompanhamento deste especialista.
Estes doentes devem ser acompanhados na consulta da dor, de forma a terem melhor qualidade de vida.
Recebido por e-mail

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

O Apoio Financeiro Chegou...finalmente.

Com base na acta da reunião ordinária da Câmara Municipal de Carrazeda de Ansiães realizada no passado dia 30 do mês de Julho do ano de 2010, a Câmara Municipal, além de outras, tomou a seguinte deliberação:

(transcrita da referida acta em: http://www.cm-carrazedadeansiaes.pt/uploads/acta_16cm.pdf)

"DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO GERAL.

CONTRATO PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DESPORTIVO COM O FUTEBOL CLUBE DE CARRAZEDA DE ANSIÃES.

O Chefe da Divisão Administrativa e Sócio-Cultural submeteu a apreciação da Câmara Municipal a minuta do contrato programa a celebrar com o Futebol Clube de Carrazeda de Ansiães, - (FCCA) já arquivada na pasta de documentos da reunião ordinária de 2010-06-18.
DELIBERAÇÃO: A Câmara Municipal, por unanimidade, deliberou que o contrato programa a celebrar com o Futebol Clube de Carrazeda de Ansiães, em termos de apoios financeiros ao referido Clube, deverá consubstanciar-se nos seguintes valores:
€10.000 para o total da actividade da época desportiva de 2009/2010;
€30.000 para o total da época desportiva de 2010/2011."

Assim tendo em conta o exposto, podemos concluir que € 40.000 (quarenta mil euros – na moeda antiga, oito mil contos) é um bom subsídio para uma colectividade, leia-se “Futebol Clube de Carrazeda de Ansiães” que apenas e só, se dedicou à modalidade de Futsal na época transacta.
Houve quem pensa-se que as férias desportivas de 2010 fossem realizadas em parceria com a respectiva instituição, Mas tudo não passou simplesmente de uma miragem.
Só esperamos que de futuro o "FCCA" tenha outra visão desportiva para este município. Existem outras modalidades que podem dar muita vida desportiva a esta terra. Não será eventualmente por falta de verbas que estas não se venham a realizar no futuro muito próximo! É que galinha de ovos de ouro já existe.
Por: Abcdesporto

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Municipio de Paços de Ferreira - Verão Activo

Quase 1350 crianças e jovens têm preenchido o seu tempo de férias lectivas com actividades pedagógicas e de lazer, desenvolvidas pela Câmara Municipal de Paços de Ferreira.

Estão divididos por três programas que, segundo a autarquia, funcionam em complementaridade:

O "Verão Activo", que já decorre há 12 anos consecutivos, e que dinamiza este ano 395 jovens entre os 12 e os 17 anos;

O "Movimentos" que decorre pela 1.ª vez, em todas as freguesias do concelho, para 800 crianças entre os seis e os 12 anos, numa parceria com as Juntas de Freguesia e associações concelhias;

E um projecto específico, para 150 jovens, dos 12 aos 17, acompanhados pelo Contrato Local de Desenvolvimento Social, promovido pelo município e coordenado pela Associação Paços 2000.

No total, os três projectos estão a ocupar 1345 jovens, orientados por várias dezenas de monitores até ao próximo dia 13 de Agosto.

Recebido por e-mail

domingo, 25 de julho de 2010

Férias de Verão com "1000 Odisseias"

A Empresa 1000 Odisseias – Actividades de Lazer LDA vai levar a efeito no período de 3 a 13 de Agosto do ano em curso as Férias de Verão de 2010.
O Evento vai ter lugar na Barragem do Peneireiro em Vila Flor.
As inscrições pode ser efectuadas por e-mail para: geral@1000-odisseias.pt
Preço por pessoa: €20 ( já incluindo actividades, seguro de acidentes pessoais, lanche de manhã e à tarde).
Não Perca. Venha Participar neste evento de Verão.
Por: Abcdesporto/C.Fernandes

domingo, 18 de julho de 2010

O PARKOUR - Arte do Rápido Deslocamento.

Parkour (por vezes abreviado como PK), ou l'art du déplacement, em português, designado como arte do deslocamento. É uma actividade cujo princípio é mover-se de um ponto a outro o mais rápido e eficientemente possível, usando principalmente as habilidades do corpo humano.

Criado para ajudar a superar obstáculos de qualquer natureza no ambiente circundante, desde galhos e pedras até grades e paredes, o Parkour pode ser praticado em áreas rurais e urbanas.
Os Homens que praticam Parkour são reconhecidos como “Traceur” e mulheres como “Traceuses”.
O Parkour nasceu pela mão do francês David Belle oriundo de uma família simples dos subúrbios de Paris com antepassados relacionados ao desporto.

David sempre foi uma pessoa simples e acredita no desporto para a vida diária. Procurava o que era útil. Aprendeu com o pai desde cedo a conhecer algumas técnicas/treinos militares que pôs em prática desde muito novo com os seus amigos, dando assim estas brincadeiras origem ao Parkour.
Abcdesporto/C.Fernandes

Jogos Tradicionais - "A MACACA"

Considerado como Jogo Tradicional que combina pontaria, equilíbrio e muita habilidade, a Macaca joga-se em todo o mundo com inúmeras variantes.

Idade: mais de 7 anos,
Duração aproximada: 30 minutos
Jogadores: dois ou mais
Material: Espaço livre, pau de giz ou mesmo um pedaço de telha.
Desenvolvimento:
Desenha-se o percurso no solo, tal como se vê na figura. O espaço exterior em frente da casa número 1 é a "Terra" e o semicírculo superior é o “Céu”.
O primeiro jogador lança uma pedra do espaço designado por “Terra”, procurando acertar na primeira casa. Se a pedra tocar na linha ou sair para fora, joga o seguinte jogador. Se acertar, o jogador fará o percurso para a apanhar.
Para apanhar a pedra, o jogador deve sair ao pé-coxinho de casa em casa, excepto sobre a que possuiu a pedra. Nas casas 4/5 e 7/8 deve pisar com um pé em cada uma simultaneamente.
Ao chegar ao “Céu” pode descansar. A partida da casa anterior à da pedra, o jogador apanha-a, ao pé-coxinho, e termina o circuito. Se conseguir realizar todo o percurso, volta a lançar a pedra para a casa seguinte. Se falhar, passa a vez ao jogador seguinte e na próxima ronda prosseguirá a partir dessa casa.
Cada vez que se realiza todo o percurso de 1 a 8, o jogador atira a pedra, de costas, por cima do ombro. Se acertar numa casa, passa a ser dele e marca-a com o seu nome. Pode descansar nela, com os dois pés e os outros jogadores não podem pisá-la.
O jogo termina quando todas as casas têm proprietário ou é impossível realizar o percurso.
Abcdesporto/C.Fernandes

domingo, 11 de julho de 2010

A Criança e o Jogo/Brincadeira

Os jogos e as brincadeiras estão ligados ao homem desde o início da formação da sua cultura.
Na Antiguidade o homem já jogava e brincava, alguns registaram as suas brincadeiras em forma de desenho nas cavernas, daí em diante, o jogo acompanhou o homem na sua evolução histórica, estando presente em todas as civilizações.

Para Kishimoto (1993), os jogos e brincadeiras são aliados ao folclore da cultura de um povo em certo período histórico com características de anonimato por não se saber ao certo quem foram os seus criadores.

Os jogos contribuem significativamente para a educação das crianças pois, têm uma elevada função pedagógica. Estes desenvolvem uma dinâmica social no grupo, contribuem para o equilíbrio emocional, base indispensável a qualquer aprendizagem; fazem compreender princípios de cordialidade e respeito pelos outros e contribuem para a aprendizagem do respeito das regras do jogo desenvolvendo o gosto pelo conhecimento de uma forma lúdica.

Através do jogo a criança estimula as suas capacidades e o seu poder criativo indispensável ao desenvolvimento da personalidade. Além disso, o jogo pode resolver problemas, como por exemplo auxiliar a ultrapassar a inadequação social, desenvolvendo a cooperação, a sensibilidade, implicando confiança, promovendo a comunicação afectiva e a interdependência, ajudando a resolver hostilidades e barreiras. Para Chateu (1967), «Perguntar à criança por que joga, é perguntar por que é criança».
Os jogos e brincadeiras são excelentes oportunidades de mediação entre o prazer e o conhecimento historicamente constituído, já que o lúdico é eminentemente cultural. Por meio da ótica do psicólogo suíço Jean Piaget pode-se notar que a concepção dos jogos não é apenas uma forma de desafogo ou entretenimento para gastar energias das pessoas, mas sim meios que contribuem e enriquecem o desenvolvimento intelectual. (JUY, 2004).

Podemos assim concluir que não há jogo sem crianças, assim como não há crianças sem jogo.
Por Abcdesporto/C.Fernandes

sábado, 3 de julho de 2010

OTLs/Campos de Férias.

Considerando que são atribuições das Autarquias, Associações e ou Clubes "Dinamizar a integração social das crianças e jovens, apoiando a sua participação em actividades sociais culturais, educativas, artísticas, desportivas," e, "promover, criar, desenvolver actividades para estes escalões etários, designadamente nas áreas de ocupação de tempos livres/Campos de Férias, do voluntariado, da cooperação, da formação, da mobilidade e do intercâmbio",
Constando-se a necessidade de promover a ocupação dos tempos livres das crianças e jovens, durante o período de férias escolares nomeadamente “Ferias de Verão,

Considerando que muitas famílias têm dificuldades em assegurar o acompanhamento dos seus educandos nestes períodos, quer por motivos económicos quer mesmo profissionais;
Pensamos que há necessidade URGENTE em CRIAR um projecto de “TEMPOS LIVRES” que vise essencialmente:
1º Potenciar o desenvolvimento pleno das crianças e jovens ao nível cultural e desportivo,
2º Fomentar a cooperação, a entreajuda e o espírito de equipa, recorrendo ao sentido de justiça, reciprocidade e solidariedade, numa lógica humanista,
3º Estimular a autonomia, a iniciativa e a criatividade das crianças e jovens, apelando à participação activa nas diferentes actividades que lhes são propostas,
4º Proporcionar o desenvolvimento das competências pessoais e sociais dos participantes, promovendo o seu sentido crítico e de responsabilidade, no seio da sociedade,
5º Facultar momentos de lazer e divertimento para crianças e jovens e mesmo, porque não para os seus pais.
6º Desenvolver as relações humanas e de solidariedade entre os participantes;
7º Cativar e sensibilizar as crianças e jovens a participar activamente em acções de carácter desportivo, social e cultural.
8º Alargar as suas capacidades ao nível da expressão plástica, dramática e musical;
9º Sensibilizar as crianças e jovens para a salvaguarda do património histórico-cultural do nosso concelho.
Assim, o ALERTA foi lançado. Haja instituições com vontade, com genica para lançar e desenvolver este projecto. Os Jovens de hoje esperam por vós para que no futuro sejam eles a seguir o vosso exemplo.
Abcdesporto/C.Fernandes

terça-feira, 29 de junho de 2010

Conheça o Seu Coração

O coração tem 4 cavidades, duas aurículas na parte superior e dois ventrículos na inferior. 

Na parte superior da aurícula direita existem células marcapasso que recebem o impulso eléctrico (gerado por células específicas) e enviam pelo nódulo sino-auricular (SA), obrigando as duas aurículas a contraírem-se ao mesmo tempo, e desta forma passar o sangue das suas cavidades para os ventrículos.

Este impulso eléctrico é transmitido para o nódulo auriculoventricular (AV) aos ventrículos por fibras próprias, o feixe de His. O feixe de His divide-se nos ventrículos em dois, feixe de His direito e esquerdo. O impulso eléctrico percorre esta ramificação e as fibras de Purkinje (estão ligadas ao feixe) obrigando os ventrículos a se contrair bombeando o sangue para os pulmões (pequena circulação) ou para o resto do corpo (grande circulação). 

As células marcapasso estabelecem o ritmo do coração, mas existem nervos que podem alterar a frequência da transmissão do impulso eléctrico e a força de contracção do coração. São nervos do sistema nervoso autónomo, o nervo simpático e parassimpático.

Os do simpático aumentam a frequência da transmissão do impulso eléctrico e a força de contracção do coração, o parassimpático fazem o efeito contrário.

A actividade eléctrica do coração pode ser medida e visualizada em suporte de papel, através dos exames electrocardiograma (ECG) e ecocardiograma.

Por: abcdesporto/C.Fernandes

domingo, 27 de junho de 2010

A Bola Ambulante

Idade: A partir dos 7 anos,
Duração Aproximada: 5 minutos (dependendo da pontaria dos jogadores),
Jogadores: 2 ou mais,

Objetivo do Jogo: pontaria por pares ou por equipas, em que é necessário empurrar uma bola para dentro da zona do adversário.
Material necessário: Uma bola grande e pesada (bola medicinal), uma bola leve, (voleibol), por cada jogador, e um pau de giz.
Desenvolvimento: Marcam-se no chão, com o giz (para o caso de ser cimento), as duas linhas paralelas, que deverão ficar separadas por cerca de 10 metros. No meio faz-se um pequeno círculo onde se coloca uma bola grande e pesada.

Cada equipa ou jogador, para o caso de se jogar aos pares, coloca-se atrás de uma das linhas traçadas no chão. Antes de começar, cada jogador recebe uma bola.
Para iniciar o jogo, cada um chuta a sua bola contra a que está no centro do terreno de jogo. Todos tentam faze-la rodar até ao campo contrário, empurrando-a com os seus remates.
Os jogadores devem apanhar as bolas lançadas pela equipa contrária para continuar a chutar.

O primeiro que conseguir fazer passar a bola para o campo contrário será o vencedor.
Por: Abcdesporto/C. Fernandes

domingo, 20 de junho de 2010

O TESOURO. - Jogo de Força.

Descrição do Jogo:
O Tesouro é um jogo de Força física, em que uma corda limita os movimentos dos praticantes e os impede de chegar ao tesouro. O Objetivo do jogo é apanhar o mais rápido possível o seu tesouro evitando que os outros adversários o façam, puxando a corda.

Idade do Praticante: a partir dos 6 anos,
Duração aproximada: 5 Minutos,
Jogadores: 3 ou mais,
Material necessário: uma corda, um objeto pequeno por jogador (um a bola de ténis, uma pedra, etc.),
Grau de esforço: médio.
Explicação:
Unem-se os dois extremos da corda para formar uma circunferência. Os praticantes agarram-se à corda com uma mão, mantendo-se à mesma distância uns dos outros.
Diante de cada jogador coloca-se, a 1,50m de distância o objeto utilizado que lhe calhou e, que deverá apanhar.
A um sinal, do orientador/animador do jogo, cada jogador puxa a corda para conseguir ser o primeiro a apanhar o seu objeto sem se soltar da corda.
Quando um jogador conseguir apanhar o seu objeto deixa de puxar a corda.

O Jogo termina quando todos tiverem apanhado o seu objeto/tesouro.


(texto escrito com base no novo acordo ortografico)



Por: Abcdesporto/C.Fernandes

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Mais um Passeio Pedestre em Carrazeda de Ansiães.

Desta vez sobre a direcção do novo executivo da junta de freguesia de Carrazeda de Ansiães, que ao que parece é mesmo novo, no que diz respeito à preparação de eventos na ramo da actividade física.

O inicio do passeio estava agendado, segundo o cartaz, (que saiu no dia 8 de Maio, com a reunião de aprovação do evento realizada no dia 20 do mesmo mês. Dissonância total), para as 9.horas. Aqui a organização esteve bem.
No que diz respeito o número de participantes, também conseguiu reunir um grupo bem composto de pessoas, já habituadas a percorrer os caminhos ofuscantes da nossa terra.

Segundo a analise que fizemos durante e após o percurso, podemos dizer que a organização falhou no que conserve à forma como procedeu à marcação do respectivo itinerário. (Fitas pela direita, fitas pela esquerda, chegando-se mesmo a por em causa qual a direcção correcta). Já para não falar do percurso alternativo que não se encontrava definido correctamente, bem como travessias de curvas de via principal sem o devido policiamento, acrescendo ainda Betetistas pedalando no mesmo traçado.
Faltou ainda um controlo no inicio, (atribuição de um número a cada participante), bem como no final do percurso, (confirmação de chegada), isto para que a organização tivesse noção dos participantes que ainda estavam a caminho, tendo em conta a existência de dois itinerários.

O IMC (Índice de Massa Corporal) não foi realizado, nem muito menos uma pequena palestra chamando atenção para os benefícios destes passeios e os cuidados a ter durante a sua execução.

O senhor presidente da junta de freguesia preocupou-se muito em agradecer às instituições que apoiaram o evento, facto muito importante, que ao contrário do que apresentava o cartaz, foram muitas, descorando assim um pouco os objectivos pelos quais deveria ser realizado este Passeio Pedestre. Se é que os objectivos foram traçados e previamente definidos!

Esperemos que de futuro este evento venha a ter outro tipo de dinâmica organizativa, já que ficou “muito aquém” daquilo que alguns participantes tinham sido familiarizados.
Resumindo:

Pensamos, salvo melhor opinião, que este evento foi preparado um pouco sem consciência da forma como se deve organizar e gerir um evento desta natureza, já para não falar na falta dos objectivos específicos em que deveria assentar esta iniciativa.

Terminamos dizendo que "já valeu a pena pela simples realização".
Por: Abcdesporto/C.Fernandes

Bons Exemplos a ter em Conta...

O Departamento de Desporto do Instituto Politecnico de Bragança, no programa "Mais Idade Mais Saúde", vai levar a efeito nos dias 26 e 27 do mês de Junho do ano de 2010 o II Seminário com o tema:
"Comportamentos Saudaveis na População Sénior".
Uma boa Iniciativa e bons exemplos a ter em conta.
Por Abcdesporto/C.Fernandes

domingo, 6 de junho de 2010

A Patologia Geral e a do Desporto

A patologia do joelho envolve o mesmo com situações clinicas que comprometem estruturas como a pele, as bolsas serosas, os tendões e os músculos periarticulares, os ligamentos, a sinovial, os meniscos, a cartilagem e o osso.Nesta área de informação procura-se deixar acessível a generalidade delas.Uma equipa médica multidisciplinar, irá regularmente construindo a informação necessária e no modo mais adequado, para que melhore e esclareça o seu conhecimento, sobre a generalidade das patologias e dos problemas que envolvem o joelho.Esta área deixa-lhe com toda a certeza, a porta aberta para um apoio complementar no nosso Consultório Virtual.

1- A Patologia Geral

















































2- A Patologia do Desporto
















In: Genulândia

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Passeio Fluvial no Rio Douro

Passeio Fluvial no Rio Douro - De 10 a 13 de Junho de 2010.
Este é um dos programas de aventura sugeridos pela "Sabor Douro" para praticar em barcos e motos de água.
A proposta é juntar a este passeio fluvial, uma componente cultural. Ao longo de 4 dias, será possível desfrutar de uma experiência inesquecível no Alto Douro Vinhateiro, tripulando o seu próprio barco ou mota de água e ficar a conhecer Torre de Moncorvo, Vila Nova de Foz Côa e Carrazeda de Ansiães, os locais de destino.

Para quem quiser participar mas tem pouca experiência, poderá sempre contar com a ajuda de participantes mais experientes, e viver o verdadeiro espírito de entreajuda e camaradagem.
Esta aventura permite ainda pernoitar em modernas unidades hoteleiras do Douro.
A organização inclui todos os transferes dos participantes em todas as etapas, refeições e dormidas, bem como viaturas 4x4 ou mini-bus para visitar as Quintas existentes, as Gravuras Rupestres de Foz Côa e ainda outros locais de interesse.

Como as inscrições são limitadas a 25 embarcações, convém marcar até este fim de semana, porque as inscrições estão quase a fechar!

Obter o programa detalhado através do site http://www.sabordouro.com/,
e ainda, pelos telefones 964801332/964801280/Fax: 279258270 ou e-mail:

Preço por pessoa: 280€, em quarto duplo, para os 4 dias.
Recebido por e-mail de "Náutica Press"

domingo, 30 de maio de 2010

Dia Mundial da Criança - 1 de Junho

Declaração dos Direitos da Criança:

Em 1959 a ONU (Organização das Nações Unidas) escreveu e aprovou a "Declaração dos Direitos da Criança".

Esta declaração é composta por 10 artigos, muito simples, que dizem respeitos ao que podem fazer e ao que as pessoas responsáveis por elas devem fazer para que sejam felizes, saudáveis e se sintam seguras.
(É claro que também ela tem responsabilidades para com as outras crianças e para com os adultos para que também eles gozem dos seus direitos.)

Vamos conhecer os 10 princípios da referida declaração:

Princípio 1º- Toda a criança será beneficiada por estes direitos, sem nenhuma discriminação de raça, cor, sexo, língua, religião, país de origem, classe social ou situação económica. Toda e qualquer criança do mundo deve ter os seus direitos respeitados!

Princípio 2º- Todas as crianças têm direito a protecção especial e a todas as facilidades e oportunidades para se desenvolver plenamente, com liberdade e dignidade. As leis deverão ter em conta os melhores interesses da criança.

Princípio 3º- Desde o dia em que nasce, toda a criança tem direito a um nome e uma nacionalidade, ou seja, ser cidadão de um país.

Princípio 4º- As crianças têm direito a crescer e criar-se com saúde. Para isso, as futuras mães também têm direito a cuidados especiais, para que os seus filhos possam nascer saudáveis. Todas as crianças têm também direito a alimentação, habitação, recreação e assistência médica.

Princípio 5º- As Crianças com deficiência física ou mental devem receber educação e cuidados especiais exigidos pela sua condição particular. Porque elas merecem respeito como qualquer criança.

Princípio 6º- Toda a criança deve crescer num ambiente de amor, segurança e compreensão. As crianças devem ser criadas sob o cuidado dos pais, e as mais pequenas jamais deverão separar-se da mãe, a menos que seja necessário (para bem da criança). O governo e a sociedade têm a obrigação de fornecer cuidados especiais para as crianças que não têm família nem dinheiro para viver decentemente.

Princípio 7º- Toda a criança tem direito a receber educação primária gratuita, e também de qualidade, para que possa ter oportunidades iguais para desenvolver as suas habilidades. E como brincar também é uma boa maneira de aprender, as crianças também têm todo o direito de brincar e de se divertir!

Princípio 8º- Seja numa emergência ou acidente, ou em qualquer outro caso, a criança deverá ser a primeira a receber protecção e socorro dos adultos.

Princípio 9º- Nenhuma criança deverá sofrer por negligência (maus cuidados ou falta deles) dos responsáveis ou do governo, nem por crueldade e exploração. Não será nunca objecto de tráfico (tirada dos pais e vendida e comprada por outras pessoas). Nenhuma criança deverá trabalhar antes da idade mínima, nem deverá ser obrigada a fazer actividades que prejudiquem a sua saúde, educação e desenvolvimento.

Princípio 10º- A criança deverá ser protegida contra qualquer tipo de preconceito, seja de raça, religião ou posição social. Toda a criança deverá crescer num ambiente de compreensão, tolerância e amizade, de paz e de fraternidade universal.

Se tudo isto for cumprido, no futuro as crianças poderão viver em sociedade como bons adultos e contribuir para que outras crianças também vivam felizes!
Por Abcdesporto/C.Fernandes

BTT e Passeio Pedestre de 23 de Maio

A Alvorada em Carrazeda de Ansiães fez-se emergir bem cedo no passado dia 23 de Maio.
Desde Pedestrianistas, Betetistas, CNR, e Bombeiros Voluntários de Carrazeda, todos se juntaram à festa do Desporto e da Actividade Física.
8 da manhã, e já circulavam viaturas com bicicletas no seu tejadilho em direcção ao Campo de Escuteiros da Vila de Carrazeda. Era O BTT e o Passeio Pedestre, que em Carrazeda estavam prestes a começar.

Começava assim mais um evento de BTT com um elenco de 98 participantes, simultaneamente com um Passeio Pedestre, que juntou aproximadamente 45 amantes do pedestrianismo, organizados pela recente empresa Active Ansilanis ”, criada há bem pouco tempo, mas com vontade de por a “Mexer Carrazeda” bem como, dar a conhecer o que de bom esta terra pode oferecer a quem a visite.
Paisagens deslumbrantes, associadas há hospitalidade e humildade da população foi o que não faltou a este acontecimento.

Por volta das 9:h30m iniciava-se o Passeio Pedestre, sobe o tema: “Rota do Castelo”, com destino ao Castelo de Ansiães, passando pela soberba Igreja paroquial de Marzagão, onde o digníssimo presidente de Junta de Freguesia teve a gentileza de oferecer o reforço alimentar a todos os pedestrianistas. Pois esperava-nos uma acentuada subida em direcção ao castro de Ansiães, Em quanto que os betetistas pedalavam por outros trilhos, com o reforço alimentar em Beira Grande, graças à ilustre pessoa do senhor presidente da Junta de Freguesia da localidade.
Chegados ao castelo e por trilho diferente, os pedestrianistas estavam de regresso a Carrazeda, mais propriamente ao lugar de onde passadas 3 horas tínhamos partido.

Um percurso um pouco duro devido à elevada altitude a que se encontra a fortaleza, o que fez com que os mais abatidos optassem por se socorrerem de viaturas motorizadas no regresso a Carrazeda.

Tal facto não aconteceu com o casal Manuel Mesquita e Delfina Vicente que com 67 e 68 anos de idade respectivamente, num passo moderado, conseguiram vencer as adversidades do terreno e do calor, chegando ao destino passadas 3h:45 minutos, sem se socorrerem de qualquer viatura. Um bom exemplo a tomar. Não importa a idade, mas sim a força de vontade.

No seu cômputo geral, foi uma actividade bem sucedida, tendo em conta os objectivos traçados pela organização.

Antes de terminar queria tecer alguns agradecimentos, nomeadamente à GNR, aos Bombeiros Voluntários, à Câmara Municipal, à Juntas de Freguesia de Marzagão e Beira Grande, aos Escuteiros de Carrazeda, “Casa Dolores”, amigo “Jou” (maças), Grafiansiaes e aos 25 colaboradores, bem como, aos cozinheiros e ajudantes, pois sem estes o evento não terminaria da forma animada como finalizou.

O agradecimento final vai, como não podia deixar de ser, para todos os pedestrianistas e Betetistas que com algum sacrifício deram cor e brilho à Vila de Carrazeda.
A todos o nosso muito obrigado.
Por: Abcdesporto/C.Fernandes

quarta-feira, 26 de maio de 2010

"Os Heróis do Futebol"

No âmbito do lançamento da colecção de ficção juvenil «Os Heróis do Futebol», a Editora Educação Nacional lança um passatempo destinado a crianças e jovens, entre os 6 e os 14 anos, que frequentem clubes, instituições, associações, escolas... desportivas.
Basta escreverem uma frase original sobre o que mais os fascina no mundo do futebol e habilitarem-se a ser um dos 50 felizes contemplados com um exemplar de «Luta pela Taça», o primeiro livro da colecção.

«Os Heróis do Futebol» é uma colecção que tem como protagonistas dois jovens jogadores que, a par com o futebol, vivem inúmeras aventuras adensadas por muito mistério e uma pitada de romance…

As frases devem ser entregues na secretaria do clube onde as crianças estão inscritas, acompanhadas de cópia do BI/Cartão do Cidadão, até dia 31 de Julho de 2010.
Uma vez reunidas as frases de todos os participantes, o clube, devidamente identificado, deve enviá-las por correio, num prazo de 8 dias, num único envelope, para:
Rua das Ameixoeiras, nº 464
4405-615 Gulpilhares Vila Nova de Gaia;
ou via e-mail para:
Qualquer dúvida, estamos à disposição.
Saudações futebolísticas!
Recebido por e-mail

terça-feira, 25 de maio de 2010

Dia da Criança - 1 de Junho de 2010

O dia 1 de Junho de 2010 fica reservado para as nossas crianças com o seguinte Projecto:

Manhã - Castelo de Ansiães:
Entrega do Foral,
Danças Medievais,
Caça ao Tesouro.

Tarde - Centro Histórico de Carrazeda de Ansiães
Jogos Tradicionais,
Ateliês de pintura
Visita Guiada ao Centro Interpretativo do Castelo e
Vila Amuralhada de Ansiães.

Já sabe! No próximo dia 1 de Junho, Terça-feira não deixe as suas crianças em casa. Venha divertir-se connosco e aprender um pouco mais sobre a história da nossa terra!

Contamos consigo...
Por: Abcdesporto/C.Fernandes

sábado, 22 de maio de 2010

COMO REDUZIR O RISCO DE ARTROSE NO JOELHO

A CORRECÇÃO DA DESIGUALDADE NO COMPRIMENTO DOS MEMBROS INFERIORES PODE REDUZIR O RISCO DE ARTROSE NO JOELHO.


“Os indivíduos que apresentam um encurtamento de um ou mais centímetros, num dos membros inferiores, encontram-se mais vulneráveis ao desenvolvimento de artrose sintomática ou artrose progressiva no joelho do membro mais curto.”

Esta é a conclusão de um estudo multicêntrico efectuado a nível internacional, levado a efeito em Iowa e Birmingham.

Na abordagem para este estudo, partiu-se do pressuposto já conhecido de que, “prevenindo as alterações induzidas nos joelhos pelas perturbações no alinhamento dos membros, há a possibilidade de suspender ou reduzir a evolução da artrose”, esclarece Derek Cooke, da Queen’s University em Toronto, um dos autores do estudo multicêntrico.

Pretendeu-se, assim, saber se a desigualdade no comprimento dos membros inferiores estaria associada com significado ao desenvolvimento de artrose nos joelhos.

Para o efeito foram prospectivamente avaliados 3.026 indivíduos, com idades entre os 50 e os 79 anos, que apresentavam já artrose nos joelhos ou que manifestavam sinais de risco para a doença.

As medições dos membros foram levadas a efeito em estudos radiográficos efectuados em películas extra-longas e repetidos após trinta meses.

Da avaliação global ficou comprovado que o risco de desenvolvimento de artrose nos indivíduos com encurtamento acima de 1 centímetro é bastante mais elevado do que em indivíduos que apresentem mínimas diferenças.

Conclusão: De acordo com os autores, qualquer diferença existente deve ser sempre corrigida, com o recurso a uma simples palmilha ou calcanheira a colocar no calçado.

Fonte: MediaHealth Portugal

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Informação do IDP


PASSEIO PEDESTRE - 2010


A Junta de Freguesia de Carrazeda de Ansiães, vai levar a efeito no próximo dia 5 de Junho um Passeio Pedestre com o seguinte programa:
8:30h- Concentração na Junta de Freguesia local,
9:00h- Inicio da caminhada,
12:00h- Almoço.
As inscrições podem ser efectuadas até ao próximo dia 2 Junho, nas Instalações da Junta de Freguesia Local, pelo telefone 278 617 356, ou ainda via e-mail para juntaf_carrazeda@sapo.pt
Venha "Caminhar, por um Coração Saudável!
A Organização conta com a sua participação.
Por: Abcdesporto/C.Fernandes

sábado, 8 de maio de 2010

Desporto com Politica ... Não!

Como pessoa conhecedora da realidade desportiva do nosso concelho, fiquei amargurado quando li comentários alusivos a um artigo, postado num blogue acreditado da nossa terra.
Chegou-se ao ponto de se misturar o DESPORTO com política, bem como de se arrojarem pedras uns aos outros, ou porque não tiveram sapiência astuta para solicitar os subsídios, ou simplesmente porque não tiveram em conta o diploma regulamentar (Decreto - Lei n.º 273/2009, de 1 de Outubro).
Deixemo-nos de politica barata! Vamos dar ao DESPORTO CONCELHIO o lugar que merece!
Vamos fazer com que juntos possamos desenvolver desportivamente a nossa terra!
Vamos apoiar o DESPORTO LOCAL no verdadeiro sentido da palavra, nem que para isso tenhamos de enterrar o "Machado da Guerra", bem como a cor politica da ocasião.

Carrazeda precisa de se mexer desportivamente, mas para isso é necessário que sentados à mesma mesa, mas não do café, sem cor partidária ou religiosa, sem ressentimentos, mas com um único propósito: Voltado para a ocupação salutar das nossas crianças e jovens, organizar e discutir um projecto credível e exequível que possamos pôr em prática, o quanto antes, na nossa terra.
O desporto deve antes de tudo reinventar e reinventar-se, a partir dos grandes princípios que lhe deram origem, tais como:

1º - A convivência e solidariedade entre os homens e os povos;
2º- A formação cívica ao longo da idade;
3º- O desenvolvimento das capacidades físicas e motoras de um corpo adaptável e crítico ao seu envolvimento social,
4º- Principalmente, a valorização das suas capacidades: Física e Cultural.

Já verificámos que o desporto tira os jovens das ruas, dos cafés e dá-lhes outro alento e forma diferente de afrontarem o futuro.

Posso indicar três grandes áreas em que podemos incluir o Desporto:
1º- O desporto como veículo da educação formal;
2º- O desporto como veículo da educação para a saúde e das competências para a vida;
3º- O desporto como um mecanismo de capacitação feminina e de abordagem de questões de desigualdade de género.

Temos de "Pensar e Ver o Desporto" essencialmente como um contributo sustentável e não como uma solução "per si".
Por: Abcdesporto/C.Fernandes

segunda-feira, 3 de maio de 2010

A Doença de Dupuytren

A mão do ser humano é considerada a sua maior conquista evolutiva. Esta traduz-se na oponência dos dedos, devido à presença do polegar, que levou a uma adaptação ao ambiente mais facilitada.
Assim, começou-se a construção e a utilização de instrumentos com os quais o ser humano se defende e modifica tudo o que o rodeia.
Tendo isto em linha de conta, não é difícil perceber que toda e qualquer patologia que afecte as mãos, dificulta a forma como se vive e como se convive.
De um modo geral, a também chamada Contractura de Dupuytren, caracteriza-se pela degeneração de fibras elásticas, espessamento e hialinização (endurecimento) do feixe de fibras de colagénio da fáscia palmar, com formação de nódulos e contracção da fáscia. Em alguns destes doentes podem ocorrer lesões semelhantes na fáscia plantar (pé) – Doença de Ledderhose – e em 5 a 10% na fáscia profunda do pénis (Doença de Peyronie).

A Doença de Dupuytren é uma patologia cuja evolução é lenta, de carácter benigno e de causa desconhecida. Incide mais frequentemente no sexo masculino e normalmente entre a 5ª e 7ª décadas de idade.
Há estudos que demonstram que a Contractura de Dupuytren está associada ao alcoolismo, diabetes de longa duração, toma continuada de anti-convulsivantes e uma história familiar positiva, sendo esta última a que confirma o cunho hereditário desta patologia.
Assim, 60 a 70% dos descendentes de doentes têm predisposição genérica a padecer da contractura. A herança é autossómica dominante e é comprovada pela elevada incidência na população que descende do Norte da Europa. Há autores que a reconhecem como a Doença dos Vikings.
Sinais da Doença:
O primeiro sinal da doença é o aparecimento de um nódulo na palma da mão, junto do 4º e 5º dedos. Este é indolor e muitas vezes confundido com um calo. Evolutivamente, podem apresentar-se novos nódulos, que formam um cordão que repuxa os tendões da fáscia, levando à flexão dos dedos.

Verdan, faz uma classificação da evolução desta doença em 4 graus: o primeiro grau é a presença do nódulo, fala do grau 1 da corda, avança para o grau 2 – quando não se pode estirar a mão, colocando-a recta sobre a mesa (Teste de Hueston) – e grau 3 quando o dedo já está totalmente dobrado.

Alguns doentes referem, associada à presença dos nódulos, sentir alguma dor, prurido (comichão) e sensação de queimadura. Deve ser examinada a mão afectada, procurando ainda outros aspectos importantes, como:
1. Nódulos firmes que podem ser sensíveis à palpação,
2. Cordões próximos aos nódulos, geralmente indolores,
3. Palidez á extensão activa dos dedos,
4. Sulcos na pele, evidenciando aderência à fáscia,
5. Bursite, tendinites ou tenossinovites.

Tratamento:
No que concerne ao tratamento, este pode ser de dois tipos – conservador ou cirúrgico –, sendo que o último costuma ser o mais utilizado.
O tratamento conservador é usado em casos mais leves e com o intuito de evitar contracturas articulares mais acentuadas.
Assim,
pode proceder-se a exercícios de extensão forçada e ao aumento da extensabilidade da fáscia palmar, através do uso de ultra-som ou outra modalidade de aplicação de calor profundo, que alivia a dor e diminui a retracção. Aplicar vitamina E sob a forma de creme e radioterapia associadas a um esquema medicamentoso com corticóides e imobilização da mão afectada, podem ser indicados na fase nodular da doença.
O tratamento cirúrgico costuma ser o mais escolhido, embora a sua indicação se baseie no grau de limitação de movimentos da articulação dos dedos (limitação na extensão), idade e compromisso do doente em realizar reabilitação, evitando a necessidade de nova cirurgia.
Assim,
de um modo geral, a cirurgia toma a nomenclatura de fasciectomia. No entanto, existem várias possibilidades para faciectomias:
1. Fasciectomia Percutânea – utilizada em casos graves para correcções progressivas em etapas;
2. Fasciectomia Limitada, Regional ou Parcial – mais utilizada e para correcção de situações de gravidade pequena a moderada;
3. Fasciectomia Extensa ou Total – raramente utilizada devido ao risco de complicações;
4. Dermofasciectomia – resseção da pele junta com a fáscia, utilizada em recidivas.

As complicações mais comuns são:

- Formação de hematoma e recorrência da lesão,
- Lesão do nervo digital;
- Necrose;
- Infecção.
Numa fase pós-operatória, há cuidados a ter com o penso, mantendo-o limpo e seco. O material de sutura (pontos) é removido após 12 dias e a mão operada deve ser mantida elevada.
Ao nível da recuperação, são realizados exercícios activos. Estes são iniciados, se possível, no primeiro dia de pós-cirurgia. O polegar, dedos e punho devem ser mobilizados regularmente, até que a amplitude articular seja retomada na sua totalidade. Há clínicos que aconselham o uso de talas para posicionamento de extensão dos dedos.

Recebido por e-mail de "Conhecer Saúde"

domingo, 2 de maio de 2010

O Síndrome do Túnel Cárpico

As mãos são usadas no nosso dia-a-dia como complemento à nossa comunicação e como instrumento de trabalho. Devem, por isso, ser alvo da nossa atenção, no sentido de se efectuar uma vigilância apertada a qualquer sinal ou sintoma de alteração.

O síndrome do túnel cárpico constitui uma das patologias mais comuns da mão. Trata-se de uma lesão no nervo mediano provocada por um processo de compressão que leva à diminuição relativa do calibre do túnel cárpico, com consequente atingimento do nervo supracitado.
O túnel cárpico é criado pela organização côncava dos ossos do carpo (dorso) e pelo ligamento transverso do carpo (zona ventral) e localiza-se no punho, do lado da palma da mão. Pelo seu interior, passa o nervo mediano que é responsável pela enervação dos músculos flectores do antebraço e da zona tenar (palma da mão).

Fisiopatologicamente, pode verificar-se que este estreitamento advém do engrossamento crónico das bainhas tendinosas. Assim, a compressão do nervo mediano, leva a um quadro sintomatológico muito específico:

- sensação de formigueiro na área de enervação do mediano (três primeiros dedos),
- dor tipo pontada,
- dificuldade na execução dos movimentos finos,
- nos casos mais evoluídos, há atrofia dos músculos (mão de macaco).

De notar que a sensação de formigueiro, bem como a dor, são predominantes durante a noite, chegando a causar um incómodo que impossibilita um sono reparador.
Este tipo de patologia surge, habitualmente, em indivíduos com trabalhos repetitivos (Ex: caixas de supermercado, escritores), sendo mais frequente no sexo feminino. A obesidade, gravidez, hipotiroidismo, artrite e diabetes, são factores que tornam o sujeito mais predisposto a esta problemática.
O diagnóstico é feito através da análise da sintomatologia descrita pelo doente, apoiado pela observação de sinais detectados no exame médico. Em último caso, o diagnóstico final é confirmado por testes de condução do nervo (electromiografia).

O tratamento é determinado em função do grau de severidade dos sintomas, bem como da causa que está na base desta problemática. Quando detectada precocemente, a modificação das actividades diárias associadas a um esquema terapêutico de medicamentos anti-inflamatórios, pode ter um efeito atenuante e até reversivo deste síndrome. No entanto, habitualmente, é escolhido um tratamento cirúrgico: neurólise do mediano. Esta cirurgia consiste na secção (corte) do ligamento anular do carpo, por incisão cutânea que segue a prega palmar (a meio do pulso e em posição perpendicular ao alinhamento dos dedos). O nervo mediano é, então, libertado em toda a sua extensão.

Em caso de intervenção cirúrgica, o período de internamento é curto e há uma série de cuidados que devem ser tomados, sendo que uns são no imediato e ou outros mais tardiamente.

Assim, no pós-operatório mais imediato:
- fazer movimentos com a mão e dedos, a fim de evitar o edema (inchaço), bem como a dor,
- o penso deve ser, sempre, mantido limpo e seco, uma vez que as compressas molhadas em contacto com a sutura (ferida cirúrgica) não favorecem a cicatrização da mesma,
- durante os primeiros dias, o uso de crioterapia (aplicação de gelo) pode ser benéfico para a redução da dor, do edema e evita o sangramento,
- usar a mão acima do nível do cotovelo, recorrendo a um lenço ou uma ligadura,
- retirar os pontos ao fim de 12 dias, embora o médico possa determinar um período de tempo diferente,
- enquanto não se proceder à remoção do material de sutura (pontos), devem evitar-se actividades forçadas com a mão operada.
O regresso à vida normal tem de ser progressivo e apenas após a retirada dos pontos. Tardiamente, pode e deve exercitar-se de forma suave o pulso intervencionado, contrariando desta forma uma possível recompressão do mediano.

Assim:
1. Flectir o cotovelo com a mão erguida,
2. Movimentar o pulso em círculos de forma suave,
3. Cerrar o punho e abrir suavemente a mão, afastando bem os dedos.

Esta sequência de movimentos deve ser repetida várias vezes ao dia.
Seja como for, a partir da data da cirurgia e quando já existe movimento pleno, deve evitar-se pegar nos objectos com a ponta dos dedos e ainda actividades repetitivas, pois o risco de recidiva desta problemática é uma realidade.

BIBLIOGRAFIA:
TATE, et al; “Anatomia e Fisiologia”, Lusodidacta, 1ª Edição, Lisboa, 1997
SERRA, Luís M. Alvim; “Critérios Fundamentais em Fracturas e Ortopedia”, LIDEL, 2ª Edição, Porto, 2001
Recebido por e-mail de “Conhecer Saúde”