terça-feira, 9 de agosto de 2016

A Técnica “Cupping” de MICHAEL PHELPS






A Técnica “Cupping”





O mais premiado atleta Olímpico de todos os tempos, com 23 medalhas olímpicas até ao passado domingo, o norte-americano MICHAEL PHELPS está a recorrer à técnica de “Cupping”, um tratamento da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), para acelerar a sua recuperação. Hélder Flor, especialista português em medicina tradicional chinesa, explica os benefícios desta técnica milenar. A aplicação de sucção na pele, através de calor ou pressão de ar, é muito comum na Medicina Tradicional Chinesa, fazendo parte de um tratamento que é utilizado para "combater a estagnação sanguínea e para promover a livre circulação da energia, tendo especial eficácia no alívio de dores", explica Hélder Flor
"As ventosas são mais eficazes do que uma massagem já que estimulam muito mais a circulação. Costumo dizer que para conseguir ter o mesmo efeito das ventosas, teria que estar a massajar aquela zona durante duas ou três horas. Além disso, o cupping puxa os músculos para cima o que provoca o estiramento muscular, sendo extremamente eficaz na recuperação de lesões como tendinites, dor ciática ou contracturas musculares. O efeito de sucção na pele faz com que o ar quente dentro dos copos tenha uma densidade mais baixa e à medida que arrefece junto à pele, diminua a tensão no local", continua o especialista.
No caso dos nadadores olímpicos, esta técnica pode contribuir para: "Uma recuperação muito mais rápida de prova para prova ou para a rápida recuperação de lesões", esclarece Hélder Flor.
O Cupping é feito, como explica o terapeuta, da seguinte maneira:
"Dependendo do tipo de ventosas utilizadas, as mais modernas (em plástico) tem um género de pistola que se usa para retirar o oxigénio das ventosas. Mas também podem ser de vidro ou de bambu. No caso das duas últimas, a aplicação no corpo é feita com uma fonte de calor, colocando-se rapidamente a ventosa na pele que pode ficar imóvel na zona ou, nalguns casos, ser movida pelo terapeuta. Normalmente, são colocadas cerca de 5 a 10 minutos, consoante o tipo de pele, sendo que o paciente sente apenas uma sensação de calor na região de tratamento", refere.Há quem defenda que este método poderá ser considerado como dopante, no entanto, o mesmo especialista defende que: "As ventosas não são doping, mas sim, uma forma de aproveitar as defesas que o nosso organismo tem para tratar a zona que está a precisar”.
No fundo o organismo vê a ventosa como uma agressão e vai enviar para essa zona uma série de substâncias naturais (analgésicas e anti-inflamatórias) que vão tratar o problema.
É uma reação normal do nosso organismo e pode ser bastante benéfica quando bem utilizada".

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

VOTOS DE BOAS FESTAS

Estamos em Época de Natal e Natal é sinónimo de Paz, Esperança, Fraternidade e Ajuda Mútua.
É também um momento em que cada um de nós poderá ajudar os mais carenciados e aqueles que mais necessitam de encontrar o caminho da bondade e a Luz da Verdade.
Assim, não deixem de dar a mão a quem mais precisa, porque Natal É Sempre que o Homem Queira.

Voto de Um Santo Natal e Próspero Ano 2016

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Dia seis de novembro de 2015 a [“Terra Treme”]…

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) vai voltar a promover o exercício público de preparação para o risco sísmico «A terra Treme», no dia 6 de Novembro, às 11h06.

 Vamos começar este artigo com uma breve explicação do que é um terramoto.

 “Terramoto - (ou sismo) é um termo que vem do Latim “terrae motu” significando “movimento da terra”. O terramoto é um fenômeno natural caraterizado por um forte tremor de terra resultante de fatores como o encontro de diferentes placas tectônicas  (blocos que formam a crosta terrestre), falhas geológicas, ou ainda, atividade vulcânica.

Os terramotos são também chamados de abalos sísmicos ou tremores de terra. Um abalo sísmico resulta da dinâmica interna da Terra, que libera rapidamente grandes quantidades de energia e produz ondas elásticas (vibrações) que se propagam por toda a Terra.

Alguns termos relacionados com terramotos são: hipocentro  (ou foco real), onde é originado o movimento e epicentro, que é a parte da superfície da crosta terrestre que é afetada de forma mais intensa”.

 A magnitude de um sismo é designada pela quantidade de energia liberada no hipocentro, normalmente medida através das escalas logarítmicas de Richter ou Magnitude de Momento (MMS). Quando a magnitude atinge valores superiores a 6 graus, os efeitos dos terramotos podem ser devastadores nomeadamente em lugares residenciais. A mais elevada magnitude até agora registada ocorreu no Chile, em 1960 com o valor de 9.5 graus na escala de Richter.

 Hipoteticamente falando. E se a Terra Tremesse no dia 6 de novembro? Quais as atitudes a ter Antes, Durante e Depois do Sismo?

Antes de um Sismo:
- Ter em casa, um extintor de incêndio, um kit de primeiros socorros, um rádio a pilhas, uma lanterna e pilhas extras;
- Aprenda algumas técnicas básicas de primeiros socorros;
- Aprenda a desligar o gás, a água e a eletricidade de sua casa;
- Defina um ponto de encontro com a sua família;
- Não deixe objetos pesados em prateleiras (pois podem cair durante um terramoto);
- Prenda às paredes ou chão, móveis pesados​​, armários e eletrodomésticos;
- Conheça o plano de emergência da sua escola ou do seu local de trabalho.

Durante um Sismo:
- Mantenha a calma! Se estiver dentro de casa, ficar dentro de casa. Se estiver fora dela, ficar de fora;
- Se estiver dentro de casa, ficar junto da parede perto do centro do edifício, junto de uma porta, ou rastejar para debaixo de móveis pesados ​​(uma mesa ou balcão). Fique longe de janelas e portas exteriores;
- Se estiver ao ar livre, afastar-se de linhas de energia, postes elétricos ou qualquer outra coisa que possa cair. Mantenha-se afastado de edifícios, uma vez que o prédio ou parte deste pode cair em cima de si;
- Não utilize fósforos, velas, ou qualquer outro tipo de chama, por causa das prováveis ruturas de gás;
- Se estiver dentro de um carro, pare o carro e permanece dentro do mesmo até o sismo parar.
- Não use os elevadores.

Depois de um Sismo:
-Verifique as suas lesões e das pessoas que o rodeiam. Preste os primeiros socorros a quem mais precisar;
- Feche as válvulas de entrada de água, gás e cabos elétricos;
- Verifique o cheiro de gás. Se sentir o cheiro a gás, abra todas as janelas e portas, saia imediatamente, e relate às autoridades;
- Ligue o rádio. Evite utilizar o telefone, a não ser em caso de emergência;
- Não entre em edifícios notoriamente atingidos;
- Tenha cuidado com vidros quebrados e entulho. Use botas ou sapatos resistentes para evitar cortes nos pés;
- Tenha cuidado com chaminés, uma vez que elas podem derrocar a qualquer momento;
- Fique longe de praias, uma vez que é comum o aparecimento súbito de tsunamis após o chão parar de tremer;
- Fique longe de áreas danificadas;
- Se estiver na escola ou no trabalho, siga o plano de emergência ou as instruções da pessoa responsável pela segurança;
- Tenha cautela com os tremores secundários, normalmente designados por réplicas.

Por último, deixo aqui uma palavra de solidariedade e encorajamento para todos aqueles que passam por este flagelo e lembrar que a prevenção é o melhor combate.

 http://www.significados.com.br/terremoto
 http://www.regiaoderiomaior.pt
 http://www.aterratreme.pt/

domingo, 18 de outubro de 2015

Nutrição e Desporto

Realizou-se no passado dia 17 de outubro – (sábado), no Centro de Apoio Rural de Carrazeda de Ansiães uma palestra intitulada “Nutrição e Desporto”, da responsabilidade do Departamento de Formação do Futebol Clube de Carrazeda de Ansiães. O evento contou com os palestrantes: Dr.ª Cátia Carvalho com o tema Nutrição e Desporto e Dr.º Albino Gomes com o «”Exercício Físico - Desporto”».
 
Ao nível da plateia, esta estava, na sua maioria, composta por jovens atletas da entidade organizadora do evento, apenas cinco pais dos jovens presentes e ainda três adultos aquém muito interessa os temas abordados.
 
1- Pontos Positivos da Iniciativa:
- É de enaltecer este tipo de evento,
- O período do dia foi o mais aconselhado e o mais correto para este tipo e iniciativa, uma vez que não colidiu com outra iniciativa realizada na sede do concelho.
 
2- Pontos menos positivos da iniciativa:
- O não cumprimento dos horários, nomeadamente o início da palesta,
- Considerando o fato do público presente ser composto em grande parte por jovens atletas, deveria de haver uma reformulação aos diapositivos apresentados, nomeadamente na palestra sobre a “Nutrição e Desporto”.
- Faltou também uma palavra do Presidente do F.C.C.A. explicando muito simplificadamente as razões que levaram à realização desta iniciativa, tendo em conta que a mesma era aberta a toda população.
- (Talvez a falta de divulgação juntos dos meios mais adequados) - Rádio Ansiães.
 
3- Resumindo:
Pessoalmente, gostei das palestras. Os oradores eram pessoas conhecedoras das matérias apresentadas, pena foi a pouca adesão por parte da população.
 
No que se refere à ideia deixada pelo Drº. Albino Gomes no período do debate, em que refere, e bem, a necessidade de se fazer uma sessão sobre o Suporte Básico de Vida. Relembro neste caso ao Exmo. Senhor Vereador do Pelouro do Desporto do Município de Carrazeda de Ansiães [também presente na sessão], que o funcionário municipal em regime de mobilidade interna e afeto ao Setor do Desporto apresentou ao seu superior hierárquico - (Eng.º Roberto), no passado mês de agosto uma proposta sobre a realização de um CURSO de 3 dias, com o tema ”O Suporte Avançado de Vida” e que o mesmo não foi posto em pratica até ao momento.
 
Para terminar, relembro que em matéria de “Morte Súbita no Desporto” ao nível nacional, entre o ano de 1973 a 2005 foram registados dez óbitos, todos atletas de alta competição e com idades compreendias entre os 19 e os 36 anos, os quais se passam a apresentar:
(- Hugo Cunha (25/06/05) 28 anos (Futebolista – U. Leiria), Paragem cardiorrespiratória.
- Bruno Baião (15/05/04) 19 anos (Futebolista - Benfica), Dupla paragem cardiorrespiratória.
- Miklos Fehér (25/01/04) 24 anos (Futebolista – Benfica), Paragem cardiorrespiratória.
- Paulo Pinto (03/03/02) 27 anos (Basquetebolista – Aveiro Basquete), Ataque cardíaco.
- Landu Ndonbasi (17/01/02) 36 anos (Futebolista – Oliveira de Frades), Causas desconhecidas
-Paulo Sérgio (26/12/00) 22 anos (Futebolista), Paragem cardíaca.
- Rui Guimarães (06/07/98) 22 anos (Basquetebolista – Portugal Telecom), Problema cardíaco.
- Angel Almeyda (29/07/97) 25 anos (Basquetebolista – Portugal Telecom), Problema cardíaco.
- Navalho (23/08/87) 20 anos (Futebolista – Atlético), Enfarte agudo do miocárdio.
- Pavão (16/12/73) 26 anos (Futebolista – FC Porto), Paragem cardíaca).
[Dados retirada do Jornal “Correio da Manhã” de 09/03/2007- em http://www.cmjornal.xl.pt/desporto/detalhe/evitar-a-morte-subita.html]. Fora os casos que não foram registados.
 

terça-feira, 10 de março de 2015

Pirâmide da Actividade Física.


Estamos perante a Pirâmide da Actividade Física em que se pode verificar o que devemos praticar, bem como o seu Grau de Regularidade.
Na escala de 3 estamos perante um estilo de vida activo e que pode ser feito todos os dias durante aproximadamente 30 minutos.

Na escala 2 encontramos desportos e actividade física que podem ser efectuadas 3 a 5 dias na semana com a duração de aproximadamente 60 minutos.

Na escala de 1 encontramos o que não devemos efectuar – os videojogos, ou melhor os jogos aparentemente sem movimento.

A nossa sugestão passa por utilizar a escala 3.
Boa Actividade Fisica.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014