domingo, 2 de julho de 2023

O Teqball


O Teqball
 também conhecido no Brasil como futmesa” ou mesabol” é um desporto praticado entre dois jogadores como um jogo de simples, ou entre três ou quatro jogadores como um jogo de duplas, assemelha-se á modalidade de ténis de mesa.

É jogado numa mesa curva, com uma bola semelhante á de futebol, que pode ser jogado com todas as partes exceto com as mãos.

Esta modalidade já se faz representar em nível internacional pela Federação Internacional de “Teqball” - (FITEQ).

Vários jogadores de futebol de classe mundial foram atraídos por esta nova modalidade. Depois de ser incluída nos Jogos Africanos de Praia, esta modalidade procura agora ser incluída nos próximos Jogos Olímpicos.

Carrazeda de Ansiães já tem uma mesa de "Teqball" com o objetivo de angariar praticantes concelhios.

Boas Práticas Desportivas


terça-feira, 27 de junho de 2023

 A Época Desportiva chegou ao fim!

Alcançado o 2º lugar no escalão juniores masculinos é hora de fazer uma introspeção para analisar como correu a época 2022/23.

Foram momentos de alegria, cumplicidade e aprendizagem, mas principalmente o verdadeiro significado da Família Desportiva.

Convosco muito aprendi e cultivei mais a minha sabedoria.

Tentei colocar todo o que sabia ao dispor dos atletas na sua rápida recuperação e nunca esqueci que antes do jogador existe o Ser como pessoa.

Chegada á meta resta-me agradecer piamente a todos os atletas, Presidente, Equipa Técnica e restante STAF que comigo trabalhou, a forma como me acarinharam.

O meu muito obrigado por fazer parte do vosso Grupo.

Não se esqueças que as férias são curtas e o verdadeiro atleta não tira férias, apenas relaxa e prepara o físico e o psicológico para uma nova época que se avizinha.

Não deixem de treinar!

Sejam felizes!

quarta-feira, 24 de maio de 2023

Formação Pessoal

 Mais uma Palestra na qual marquei presença via ZOOM


terça-feira, 23 de maio de 2023

Reações Psicológicas à lesão


São cinco fases pelas quais o atleta lesionado vai ter de passar:

(1ª) Negação, (2ª) Raiva, (3ª) Negociação, (4ª) Depressão, (5ª) Aceitação e Reorganização.

Após contrair uma lesão, o atleta entra na fase de NEGAÇÃO, pois custa-lhe a acreditar que a lesão lhe possa ter acontecido e tende a negar-lhe importância.
Seguidamente, após perceber a situação em que está, passa para a fase de RAIVA, podendo tornar-se agressivo com as pessoas que o rodeia.
Na fase seguinte, o atleta começa a NEGOCIAR consigo mesmo na tentativa de recuperar o mais rápido possível ignorando a sua real situação.
Na quarta fase, o atleta reconhece a sua lesão e as consequências da mesma. Ao consciencializar-se que não poderá participar nos treinos e nas provas desportivas entra em DEPRESSÃO e sente incerteza sobre o seu futuro próximo na atividade desportiva.
Por fim, o atleta passa à última fase, na qual ACEITA a sua lesão e prepara-se para REORGANIZAR e retomar a atividade física.

Boa Recuperação!

O Jovem atleta e o treino desportivo.

Quem nunca ouviu dizer que os jovens desportistas não são “adultos em miniatura”?

Os jovens atletas têm uma dinâmica fisiológica própria, um controle neuro-endócrino e metabólico também específico e vivem uma realidade psicológica única na sua etapa.

Neste contexto todos os profissionais envolvidos de alguma forma na atividade desportiva de jovens atletas, incluindo os fisioterapeutas, deveriam ter uma formação pedagógico-cientifica sólida e promover a multidisciplinaridade da sua intervenção.

O conhecimento dos padrões de crescimento e de maturação neurobiológica de cada jovem atleta, a avaliação das suas características físicas e psicossociais, o domínio dos fatores de risco de lesão (extrínsecos e intrínsecos) associados à prática da cada modalidade devem constituir os pilares fundamentais da intervenção multidisciplinar para que os jovens atletas possam praticar um melhor desporto num contexto de maior prazer, segurança, afirmação individual e mesmo coletiva.

Assim o plano de treino do jovem atleta dever ser estudado, organizado e aplicado á sua dimensão fisiológica, tendo em conta a idade e a sua estrutura anatómica e psicológica.

quinta-feira, 18 de maio de 2023